Youth Smoking Prevention

Youth Smoking Promotion
A campanha Youth Smoking Prevention, que é uma das mais bacaninhas e menos caretas que existem por aí (principalmente a trilha sonora), é um oferecimento, pasme, da Philip Morris International! Hohoho, acredite se quiser. Elementar, meu caro Watson. Para uns, como o Rob Van Tol, é apenas uma iniciativa “difícil de engolir“, mas para a American Legacy Foundation é realmente lobo em pele de cordeiro: uma pesquisa publicada no American Journal of Public Health já constatou que mais do que desacelerar a fumolatria na adolescência, a campanha da Philip Morris abranda os radicais anti-tabaco e abre a porteira para tornar todos mais suscetíveis às verdadeiras propagandas da companhia, que incitam ao consumo direto ou através de patrocínio de shows etc. Se vc prestar atenção, vai ver que o próprio nome da campanha – Youth Smoking Prevention – é estratégico, sem partículas negativas (“no, anti”), com um verbo no presente contínuo (que por acaso é smoking) e com apenas um substantivo brando para exprimir o “objetivo saudável”. Ademais, colocando uma campanha dessas no ar, a Philip Morris diminui a demanda por outra(s) campanha(s), e acaba por controlar a onda que ia contra ela mesma. Para você, Joãozinho, resta ficar esperto e manter a consciência viva.

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
2 replies on “Youth Smoking Prevention”
  1. says: Nessa

    hum…

    COMMENT:
    a linguagem dela é legal. digna de ser (muito bem) aproveitada pelas campanhas anti e no smoking, aquelas do governo e tal… mas o problema é a empresa estar, na verdade, trabalhando a marca dela com o público-alvo. ou seja: o efeito contrário.

  2. says: Guaco Bey

    ae, valeu!, tá explicado pq aqueles comerciais de adolescente anti-séptico felizes e realizados do ‘you(th) Smoking’ me dão vontade de voltar pro bom e velho &toasted luke strike. ;)

Comments are closed.