Quais são as chances matemáticas de você ter nascido e, hoje, existir? Os cálculos de Ali Binazir

Fazendo a mesma pergunta usando outras palavras: seria você um milagre? As chances de você ter nascido e existido até o dia de hoje, segundo o escritor e hipnoterapeuta iraniano Ali Binazir, autor de “Awaken Your Genius” e “The Tao of Dating”, não é praticamente um milagre, mas um milagre provável matematicamente.

Inspirado numa palestra da autora Mel Robbins, que afirmou que a chance de um de nós existir é de uma em 400 trilhões, e na tradição budista que, segundo a tradução particular de Ali Binazir para números, seria em torno de uma em 700 trilhões (“números bastante próximos para dois palpites tão separados no tempo e método”), Ali fez as contas. E publicou suas somas e divisões e multiplicaçÕes em seu blog – “Are You a Miracle? On the Probability of Existence“. O site visual.ly viu os cálculos e criou num infográfico, que segue abaixo (em inglês), já visualizado mais de 900 mil vezes.

PS.1: Como curiosidade, vale a pena ler o comentário que um usuário canadense do visual.ly, Dave Shokking, fez após ver o infográfico. Segundo ele e sua interessante explicação, as chances de nós existirmos hoje é de exatos 100%.

PS.2: O cálculo faz de fato algumas pressuposições no mínimo duvidosas, como a primeira, que diz que há 20 anos o pai de um de nós “poderia ter encontrado 200 milhões de mulheres“. Embora seja possível enquanto probabilidade teórica, na prática isso seria impossível. O espectro poderia ser de 200 milhões, mas os encontros de fato seriam muito inferiores a isso, e, por isso, os cálculos já estariam condenados no início. Veja e tire suas próprias conclusões.

[ clique para ampliar ]

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
Take a broom.
There should be less talk; a preaching point is not a meeting...
Read More
Join the Conversation

4 Comments

  1. Pingback: Quebre a Corrente | Tiago Rios
  2. says: Guilherme

    Tendo em vista o último trecho onde o cálculo refere-se ao número de mulheres que nossos pais encontrariam, acredito que este deve ser feito individual (cada caso, um caso…), ou seja, se meus pais morassem em uma cidade de interior pequena com mil habitantes a chance de ter nascido desta combinação é maior do que a combinação de outros pais que moram em um grande centro urbano por exemplo. De qualquer maneira, independente de cálculos e crenças, estarmos aqui em vida é realmente um milagre. #GuilhermeLimaLuz

Leave a comment
Leave a comment

Your email address will not be published.