War is Over (SIM ao desarmamento)

war is over
(if you want to)

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
Thank U for the 86,400 secs
God gave you a gift of 86,400 seconds today. Have you used...
Read More
Join the Conversation

3 Comments

  1. says: Joaquim Dias

    DESARMAMENTO
    O motivo desta mensagem é que se a Lei do desarmamento for aprovada ou não é preciso criar uma Lei que ampare a família da vítima, e punir realmente o homicida ou mandante, o que raramente acontece.
    Fala-se muito sobre o desarmamento, alega-se que com desarmamento diminuirão os homicídios (será?) e as armas muito mais poderosas que estão com os marginais serão realmente apreendidas? Serão impedidas que outras cheguem para os mesmos? Difícil de responder (acreditar) não é? Acredito que se fosse criada e aplicada uma LEI em que o autor ou mandante de homicídio tivesse que pagar uma pensão vitalícia aos familiares da vítima, em caso dos beneficiários dispensarem a pensão, a JUSTIÇA nomearia e fiscalizaria uma ou mais INSTITUIÇÃO DE CARIDADE que receberia o valor da pensão. Dessa maneira o autor ou mandante do homicídio teria pagar a citada pensão aos familiares ou a Instituição, logo como normalmente os marginais não gostam de trabalhar, imagine então trabalhar para pagar uma pensão. Os “Hildebrandos do crime” teriam que pagar uma pensão conforme o seu patrimônio. Esta é a minha sugestão, será que os POLITICOS, DIREITOS HUMANOS não pensaram nisso?
    Policial Militar Reformado, pelo motivo acima sou contra o desarmamento, apesar de nem sempre andar armado, mas isso é decisão minha.
    Joaquim Dias

  2. says: nando

    Joaquim-

    O motivo que te faz pedir essa lei é bom, mas acho sua aplicação e efeito prático muito discutíveis. Primeiro, o assassino pobre (exemplo: tráfico, periferia, etc) não terá dinheiro algum pra pensão, e indo preso, terá menos ainda. Então na maioria das vezes essa lei será simplesmente inefetiva, inútil. Essa medida seria específica para assassinos mais abastados ou mandantes. Mas e nos casos onde o assassinado já não mantém relação com a família, ou se mantém é uma relação ruim? A família será premiada por isso? De que adianta exatamente premiar a família se a pessoa já está morta (que tipo de valorização se dá ao dinheiro)? Eu concordo com você que precisamos de leis mais fortes, ou de policiamento melhor, mais eficaz, e é justamente por isso que voto SIM. SIM ao desarmamento, a um Brasil pacífico, alegre, vivo. SIM a um país que sabe se defender, que busca melhorar a segurança, que busca ser melhor. Ser contra o desarmamento é oficializar a guerra civil, é de aumentar o poder da violência no nosso país, é o de permitir que atrocidades tolas (que são a maioria) continuam acontecendo. E mais, que as balas sejam vendidas em supermercados, que a violência armada continue sendo ENDOSSADA (não apenas propagandeada) nos videogames e cinemas e novelas (já pensou o assassino da novela mostrada a marca do seu 38?, só pra se exibir).

    Me conte casos em que as famílias mataram os bandidos, dentro ou nas imediações da sua residência, Joaquim. Me conte vários, me conte como aconteceu. E eu lhe contaria VÁRIOS casos de morte por acidente com armas, morte por briga de vizinhos, de amigos, de namorados, mortes por reação à assalto, morte por um monte de atitudes de civis armados.

    Se não for por isso, será tudo teoria.

  3. says: Adami

    Acho que se essa lei entrar em vigor, todos os tipos de crimes irão aumentar, principalmente os assaltos à residências. Um dos motivos que impede a elevação no número desse tipo de crime é o medo dos bandidos, de que possam encontrar alguém armado no local. Se não existir essa dúvida, o assalto será praticamente certo. Podemos nos perguntar “e a polícia?”. Imaginemos a seguinte situação: Vc morando com a sua família, acorda no meio da noite, ouve um barulho, vai ver do que se trata e percebe que estão tentando entrar na sua casa. O que vc faz? Chama a polícia. Depois de 45 minutos, chega a polícia e começa a anotar o ocorrido: Os bandidos entraram na sua casa, te deram uma surra, estupraram a tua mulher, roubaram tudo o que tu tinha e usaram o teu carro para levar as tuas coisas embora. Ainda bem que não te mataram (dessa vez). Se nesse momento, vc tivesse uma arma, a história seria a mesma? Sempre lembrando que ninguém é obrigado a ter uma arma, se vc não quiser ter, não tenha, mas não tire o direito de quem quer ter.
    Sou contra a proibição de que cidadãos de bem possam adquirir armas para defender a si, sua família e seu patrimônio.

Leave a comment
Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *