Veda & the resplandecent Self

“The resplendent Self, through the ecstacy of spiritual joy, inspires all virtuous thoughts among men of divine nature.”
~ Rig Veda 8.32.28. rs v. 9, p. 3,025

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
“Quinta-feira”, animação sobre a vida hi-tech
“Thursday” (de Matthias Hoegg), “Animação Da Semana” no Vimeo e indicado ao...
Read More
5 replies on “Veda & the resplandecent Self”
  1. says: Adriano Quadrado

    Satyam Eva Jayate.
    Só a Verdade Triunfa.

    Essa é dos Upanishads. E como é bom e raro ver um blog que cita os Vedas.

    Valeu.

  2. says: Helena, a Bela

    Grata pela indicaçao do Lagosta Colorida; sinta-se sempre em casa por lá, pois é assim que me sinto por aqui.

  3. says: nando

    todos os homens têm “divine nature”, mas nem todos deixam resplandecer seu verdadeiro “Self”, ou por desconhecerem ou por ignorarem o “ecstasy of spiritual joy”. assim, aqueles que deixam resplandecer o Self, tornam-se cada vez mais “divine” por natureza (num sentido dualista, obviamente, pq a comparação É dualista, fala prum frame de consciência específico, conclamando-o justamente para a… realidade monista). grandiosíssima frase.

Comments are closed.