“Vivemos numa sociedade completamente tumoral”: biologia natural anti-egoísta na visão de Antonio Nobre

Vídeo do projeto Selvagem @selvagem_ciclodeestudos
Na íntegra (28min) aqui.

“O exemplo que eu dou… nós temos 37 trilhões de células no corpo, essa galáxia de sistemas celulares ambulante funciona de uma maneira colaborativa absoluta. É absoluta porque se alguma célula do corpo resolver não colaborar mais, (…) se alguma delas por alguma razão se danificou e ficou egoísta e ela quer crescer e se multiplicar, as células do sistema imune, os linfócitos, são polícias anti-egoísmo, elas vão lá e viram uma chave na célula, que comete suicídio. É assim que funciona o sistema natural. A seleção natural mais poderosa é a do sistema imune, tolerância zero com o egoísmo. Não pode ter egoísmo no sistema natural porque ele degrada o sistema. E no nosso sistema o que a gente tem? A gente tem prêmio para os egoístas! Vivemos numa sociedade completamente tumoral! Todos os sistemas, do esporte, e tal, favorecem essa cultura do egoísmo.”
– ANTONIO NOBRE

Tenho certeza que existem visões discordantes, que podem por exemplo citar o aspecto competitivo e/ou predador dos sistemas naturais, mas a visão do Antonio Nobre é importante porque é notável a tumoralidade de nosso sistema. A inversão de aspectos de colaboração e conjunto que realmente levam à destruição de ambientes maiores quase não pode ficar mais clara que isso.

Em outra parte, ele cita que as células tem um funcionamento natural menor que o máximo potencial, “elas não tem isso que se chama na economia de exuberância, crescimento infinito”, “elas atuam dentro de um nicho prescrito para o funcionamento do conjunto”. E esse é outro aspecto claramente degradante do conjunto humano, a corrida desenfreada e insustentável pelo crescimento infinito. Praticamente todo comércio, toda indústria, todo negócio ou empreendimento quer crescer pra sempre, mais e mais. E é claro que isso precisa ignorar o sistema para continuar acontecendo.

Me pergunto apenas onde estão os nossos linfócitos?

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
O Ano Novo, por Thich Nhat Hanh: pode o ano novo ser realmente um novo ano? [VÍDEO]
Todo mundo sabe que “ano” é uma convenção de tempo humana, assim...
Read More
Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *