Esteja presente com as coisas que já está presentes: ensinamento original de Bodhidharma

Esteja presente com as coisas que já estão presentes. Seu corpo, sua respiração, a sensação nas mãos, o sentido da audição, o sentido da visão quando você simplesmente está na experiência e não classifica s coisas, uma planta, uma flor, o céu… esses estão sempre presentes. A consciência não necessita de um observador e do observado; ela é puro ver. Se você não entende isso, comece observando o pensamento”.
– BODHIDHARMA

Cada dia me convenço mais que essa é a chave pra qualquer coisa. Sem presença, não há nada de são sob o sol. A presença é como o chão de todo caminho espiritual, de toda busca, da meditação, das práticas, da vida cotidiana, de tudo. De estar vivo.

“Nenhum lugar a ir, nada a fazer”, diz o título daquele livro do monge Thich Nhat Hanh. E este acima é um dos maiores mestres do Zen, pioneiro transmissor da sabedoria do Buda, que na verdade não é do Buda, mas universal, o caminho para acordar. Acordar de que? De não estar aqui, de estar dormindo para isso aqui. Acordar pra que? Para estar aqui. Presente com as coisas que já estão presentes.

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
Aquário: “sou sempre agora”
Aquário “O tempo não existe nem dentro nem fora. Esses peixes de...
Read More
Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *