TEDxDaLuz: os “caminhos de coração” das pessoas que estão acordando e “colapsando” novas vidas

O melhor dos relatos das “jornadas gestadoras“, o tema do belo TEDxDaLuz que aconteceu no último domingo (20/11) no Umapaz, no Parque do Ibirapuera em São Paulo, é que elas não são apenas aspirações intelectuais ou intenções de um futuro melhor: são realizações ou transformações em andamento de gente que busca se descobrir e busca encontrar os propósitos da vida através dessas forças que falam cada vez mais alto na vida de muitos. No caso do TEDxDaLuz, na vida de todos. Realmente “já existe algo novo acontecendo aqui“, como disse o pesquisador espiritualista holandês Robert Happé, um dos palestrantes do evento. “Esse momento será lembrado na história da humanidade como o momento em que nós acordamos”, profetizou, falando da movimentação global com esse mesmo sentido de transformação interior.

Juntando algumas idéias reunidas nesse TEdx, o que estaria acontecendo são novas escolhas de vida que estão finalmente prontas para serem realizadas e estão sendo “colapsadas“, como diria e disse a astrofísica Isadora Migliori em bom “físico-quantês”, por gente como a audiência do TEDx — apenas uma parte representativa de um todo que está “energizado” e criando as mudanças necessárias em suas próprias vidas.

Fazendo uma rápida digressão, é comum pensarmos no caos contemporâneo e na ascensão do automatismo humano em nossa época quando damos atenção à mídia convencional ou damos uma volta num centro urbano na hora do rush, mas relatos como os deste TEDx contam outra história. Ou outras histórias. Novas histórias. A impressão é que, no meio disso tudo, existem fortes transformações acontecendo a várias pessoas, de diversas maneiras, e que quem realmente aceita e segue corajosamente o novo trajeto, às vezes com apenas um vago palpite intuitivo, “colapsa” uma vida toda nova. Não é fácil, porque como disse uma dos palestrantes, apesar do mundo corporativo e da literatura de negócios gostar muito de falar dos “líderes intuitivos”, isso ainda é raramente valorizado dentro das empresas.

As histórias que demonstram essas transformações são várias, praticamente todas apresentadas no TEDxDaLuz. Como a do terapeuta Fabio Novo, que há 10 anos deixou um emprego de diretor de marketing na MTV para um período sabático que lhe mostrou outros valores, outra profissão e outro caminho. Mas nem sempre o chamado é claro, a transição é linear e a aceitação é imediata, e há também relatos de transformação que envolveram acidentes automobilísticos, anos cheios de perdas coincidentes, histórias de superação de pobreza e mesmo de sonhos ajudando a elucidar os próximos passos.

Como isso acontece foi outro tema essencial no evento. Isso acontece quase sempre via “intuição“, pelo “ouvir o coração“, por nutrir uma sensibilidade e percepção interior para algo novo e mais verdadeiro sobre si mesmo. “Não adianta, é algo que a razão na alcança, eu sentia aquelas coisas“, disse o palestrante Eduardo Marinho. Ou “a mente não gosta de tomar a atitude correta“, disse Happé.

Assim, a sustentabilidade discutida no TEDxDaLuz, por exemplo, foi a sustentabilidade de conseguir seguir o próprio caminho e de mudar. Disse a educadora Maria Christina Belfort: “Estamos tentando preencher o vazio interno esvaziando o planeta. Como pode haver sustentabilidade assim?“. Seguindo quase um viés filosófico oriental, a solução apresentada mais de uma vez no evento seria a plenitude interna, o auto-conhecimento que desfaz as ilusões e a ação violenta e predatória, seja no ambiente interno ou externo.

No fim, não foi apenas pelas alusões às “gestações” nem pela presença expressiva da arte e da sensibilidade ou da maioria de palestrantes mulheres que o evento se mostrou feminino ou devoto à energia feminina, mas pela posição nobre dada no palco aos caminhos seguidos com esse coração, com essa chave intuitiva nas escolhas de cada pessoa e pelas qualidades de cooperação e acolhimento que o evento conseguiu reunir. Nossa jornada de auto-conhecimento e de plenitude passam inescapavelmente por esses caminhos, e são ajudadas por reuniões como essa.

Foto: Divulgação / TEDxDaLuz no Facebook.

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
De Mário para Carlos
Carlos, Crocotó! Lá se foi minha viagem pra Minas mais uma vez!...
Read More
Join the Conversation

4 Comments

    1. says: nandop

      Claro Nathalia! E obrigado e você e toda equipe pelas comidinhas deliciosas que fizeram lá! Faltou falar dessas maravilhas que vocês fizeram, do pessoal do café orgânico passado na hora, realmente um evento especial com gente como vocês.

Leave a comment
Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *