“Como pode uma pessoa iluminada fazer isso?”: Crazy Wisdom, a vida de Chogyam Trungpa Rinpoche (TRAILER)

O poeta Allen Ginsberg o considerava seu guru, e outros grandes como John Cage, Pema Chodron e Ram Dass se aproximaram dele e de sua “Louca Sabedoria” (Crazy Wisdom, 2011), nome do filme que retrata a vida do lama budista tibetano Chogyam Trungpa Rinpoche (1939-1987), considerado um “bad boy” do budismo e um mestre que confundiu os preconceitos de como um iluminado deve se comportar. “Quando você fala com eles vestindo um robe, eles não olham pra você, eles não te escutam. Eles olham somente para o robe“, diz Chogyam, em uma entrevista que está no documentário, que promete mostrar também vários outros momentos e revelações importantes da vida do lama tibetano.

“Essencialmente o que inspirou este filme, muito além do paradoxo do seu estilo de vida controverso e seus ensinamentos autênticos, foi a mensagem da sua vida: acordar as pessoas de seus cegos vícios do materialismo, que ele via como muito degradante para a sociedade humana e pra terra, em um nível alarmante”.
~ Johanna Demetrakas, diretora de “Crazy Wisdom”.

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
– Ele não gosta de ópera?
– Somos amigos, meu caro Wolfgang, e sinceramente faço questão de felicitá-lo....
Read More
Join the Conversation

6 Comments

  1. says: mirna grzich

    Como queria ter conhecido Trungpa!!!Ele foi o primeiro lama a ser enviado pelo Dalai Lama para o ocidente, sabia? Usava ternos, era muito sofisticado, iluminado, louco, bebia e era um ser sexual.
    Hoje temos dois lamas pós-modernos – o lama/cineasta Niyngma Dzongsar Rimpoche e o mestre Bön Tenzin Wangyal Rimpoche, do Ligmincha Institute.
    Mas como Trungpa, representante autêntico da Crazy Wisdom, que formava guerreiros de Shambala, nunca haverá alguem como ele…
    Ele dizia:
    “A palavra guerreiro traduz a expressão tibetana ‘aquele que é corajoso, aquele que age como um bravo’.A chave da condição guerreira é não ter medo de si mesmo.”

  2. says: Raimundo Ferat

    Ah… tem um livro bem legal que foi lançado por aqui chamado “Quando eu era o Tal”, que narra algumas aventuras deste Rinpoche todo especial.
    Ele e Allen Ginsberg fundaram em 1975 a faculdade Jack Kerouac dos poetas desencarnados. O livro foi escrito por Sam Kashner, o primeiro aluno da escola…