Aquele que reclama amargamente

“Alguém que sempre reclama amargamente da cruz que tem que carregar (marido, mulher, pai, mãe, avô, avó, tio, tia, irmão, irmã, filho, filha, padrasto, madrasta, enteado, enteada, sogro, sogra, genro, nora) é, ao mesmo tempo, a cruz de outra pessoa que amargamente reclama de constantemente ter que carregá-la (nora, genro, sogra, sogro, enteada, enteado, madrasta, padrasto, filha, filho, irmã, irmão, tia, tio, avó, avô, mãe, pai, mulher, marido), sendo este o seu destino na vida; de cada um, de acordo com sua habilidade e para cada um, de acordo com suas necessidades.”
~ Augusto Monterroso (com tintas e pincéis novos aqui)

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
Tableau!, Mário Quintana
Tableau! “Nunca se deve deixar um defunto sozinho. Ou, se o fizermos,...
Read More
Join the Conversation

4 Comments

Leave a comment
Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *