Aquário: “sou sempre agora”

Aquário
“O tempo não existe
nem dentro nem fora.
Esses peixes de opala
são nomes que nadam na memória:
são rostos são perdas são frutas
são as horas felizes.
O tempo não existe
pois continua aqui, e cresce
como se arredonda uma árvore
pesada de frutos impossíveis
que são peixes que são
nomes de nomes, que são rostos,
presenças caladas,
com máscaras.
O tempo não existe: sou sempre agora”
~ Lya Luft (via Nessa)

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
Você pensa que esse é só mais um dia? “Um Bom Dia”, o vídeo original, por David Steindl-Rast
Uma versão desse vídeo apareceu numa palestra do TED do diretor, autor...
Read More
One reply on “Aquário: “sou sempre agora””

Comments are closed.