A letter from Michael Moore

A Letter from Michael Moore
to George W. Bush on the Eve of War

O autor do melhor documentário de 2002 segundo o Oscar, o César e Cannes, usa de espaço e tempo mais apropriados para comentar “a hora da verdade” do presidente George W. Bush. Em 6 itens, Moore esgoela a moral do seu desafeto e cobra a paz do governo do seu país. Bem dito. Carta obrigatória.

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
Uma mensagem de mestre Dogen para “aqueles que vêem a vida mundana como um obstáculo ao Dharma”
“Aqueles que vêem a vida mundana como um obstáculo ao Dharma não...
Read More
One reply on “A letter from Michael Moore”
  1. says: Nessa

    acho que alguém tinha obrigação de fazer isso… viu que o cara foi vaiado enquanto fazia sua declaração?

    é um absurdo a “proibição” de qualquer manifestação a respeito da guerra por parte dos artistas… e depois, eles dizem que vivem num “país livre”. um país onde qualquer opinião mais crítica é tida como anti-patriota não pode ser tão livre assim…

Comments are closed.