Mundo quântico 3

Mundo quântico 3
– A que distância vc supõe que esteja aquela estrela? – perguntou Merlim, apontando a estrela Sírio. Eram meados do verão, e Sírio estava brilhante e baixa em relação ao horizonte.
– Não sei. Suponho que ela esteja mais distante do que eu possa medir, ou possivelmente imaginar – respondeu Artur.
Merlim sacudiu a cabeça.
– Não existe nenhuma distância. Considere o seguinte: para que vc veja aquela estrela, a luz precisa entrar em seu olho, certo? Feixes luminosos fluem continuamente de lá pra cá, como uma ponte invisível. O que é uma estrela a não ser luz? Por conseguinte, se ela é luz tanto aqui quanto lá, e também na ponte de ligação, não existe separação entre você e aquela estrela. Ambos são parte do mesmo campo de luz inconsútil.
– Mas ela parece estar muito longe. Afinal de contas, não posso arrancá-la do céu – objetou Artur.
Merlim deu os ombros.
– A separação é apenas uma ilusão. Você parece estar separado de mim e das outras pessoas porque seu ego adota a perspectiva de que estamos todos isolados e sozinhos. Mas eu lhe garanto que se você pusesse seu ego de lado, você nos veria circundados por um campo infinito de luz, que é a consciência. Cada pensamento seu nasce num vasto oceano de luz e a ele retorna, junto com cada célula do seu corpo. Esse campo de consciência está em toda parte, uma ponte invisível para tudo mais que existe.
“Portanto, não existe nada em você que não seja parte de todas as outras pessoas – exceto na visão do ego. Seu trabalho é transcender o ego e mergulhar no oceano universal de consciência“.

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
O Profeta de Khalil Gilbran: “Vossa alegria é a tristeza desmascarada, e como poderia ser diferente?”
“A alegria é a melhor coisa que existe“?, como compôs Vinícius de...
Read More
10 replies on “Mundo quântico 3”
  1. says: nando

    marcelus, vc tem todo direito de pensar o que quiser, mas isso é física pura, não tem muito o q discordar. a gente é q não incorporou ainda essa verdade pq ainda somos dualistas cartesianos, ou seja, na prática somos ultrapassados. ;)

  2. says: mario av

    AH! Deepak Chopra. Tá explicado. Pelo teor das palavras, poderia muito bem ser Shankara ou Nagarjuna…!
    O druidismo prega coisas parecidas, mas a retórica não é a mesma, não…

  3. says: nessa

    Legal esse texto… mas é difícil acreditar nisso, não parece realidade porque estamos presos demais aquilo que Merlim estava chamando de “ego” e fomos ensinados a ter um pensamento dualista (como o Nando falou) sobre tudo. Seria muito bom que pensássemos como Merlim sugere, a situação estaria bem melhor. Agora o que falaram sobre solidão… se alguém conseguir incorporar o pensamento desse texto em sua vida, em sua forma de pensar, não sentiria solidão.

  4. says: nando

    qdo vocês falam assim que o “texto é bonito mas” ou “que seria legal pensar assim”, podem ter certeza que é a mesma coisa se um sujeito contemporâneo de Galileo falasse que “seria legal pensar que a Terra é redonda mas” ou então que “a tese é legal, mas a Terra é quadrada mesmo”. hehe.

Comments are closed.