A resposta da Jasmine

Sem nenhuma intenção de propaganda comercial, e sim de propaganda cidadã e moral, publico a resposta que a empresa Jasmine, que produz biscoitos de aveia, granola, proteína de soja texturizada etc que, me enviou sobre as indagações a respeito da matéria prima de seus produtos:

“Olá, Nando!

Agradecemos seu contato e preferência pelos produtos Jasmine.

Compartilhamos plenamente da sua preocupação em relação aos alimentos transgênicos. Nosso posicionamento à respeito é plenamente contrário a essa tendência, motivada principalmente por grandes interesses comerciais, e carente ainda, segundo nosso entendimento de uma pesquisa mais aprofundada que fundamente, a garantia de segurança de tal tipo de alimento, seja tanto para o ser humano, como para o meio ambiente.

A segurança alimentar e ecológica seria o mínimo desejável, e exigível de qualquer entidade responsável, seja ela governo, instituições ou empresas que endossam tais idéias. Porém, o que se observa infelizmente em nosso mundo globalizado via de regra é a irresponsabilidade ditada pelo imediatismo dos interesses econômicos de ganhos grandes e fáceis.

A soja orgânica utiliza adubos naturais (esterco). A soja comum utiliza adubos e pesticidas, em limites obviamente permitidos e determinados pelo Ministério da Agricultura.

Os produtos Jasmine são isentos de produtos quimicos (conservantes, acidulante, espessante, etc) no produto acabado, portanto não comercializamos soja trangênica.

Temos uma equipe especializada no controle de qualidade, que cuida da qualidade da matéria-prima, da higiene da empresa e da qualidade do produto em si. É de grande preocupação atender nossos consumidores devidamente, uma vez que comercializamos “alimentos integrais”, ou seja, é grande a responsabilidade da empresa para com o consumidor.

Colocamo-nos também à disposição para maiores informações através do telefone 0800 7018003 (…).

Atenciosamente,

Fabíola de Paula Garcia
Serviço de Atendimento ao Consumidor”

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
Van Gogh era Vegan
Carta para Dauro Vincent Van Gogh, in a letter to his brother...
Read More
One reply on “A resposta da Jasmine”