Nosso estado mental normal é um “distúrbio obsessivo compulsivo delusório”: Alan Wallace e o controle da mente

alanpicO jeito que lidamos com nossa própria mente e nossos pensamentos, ou melhor, como não lidamos com eles, é o tema dessa maravilhosa palestra do monge budista e especialista em Budismo Tibetano B. Alan Wallace, onde ele usa uma das descrições mais reveladoras e espirituosas que eu já vi sobre nossos descontrolados e obsessivos hábitos mentais. Ou, nos termos que ele mesmo cunhou bem-humoradamente, “Síndrome de Wallace“, que seria nosso estado mental normal, que é, na verdade, um super-tolerado e grave “distúrbio obsessivo compulsivo delusório“. Wallace é extremamente convincente e cuidadoso ao descrevê-lo, usando comparações como a do encanamento de uma casa e invocando os métodos da antiga polícia alemã oriental. É uma descrição algumas vezes hilária (eu mesmo dei algumas risas altas), mas que é essencialmente seríssima e, como ele mesmo diz, envolve todos nós que estamos aqui vendo ele falar. A solução que ele prescreve é a meditação, a mais conhecida e efetiva prática para o controle da mente, muito estudada e difundida também por outras escolas de sabedoria como o Yoga. O objetivo não é manter a mente em silêncio, mas ter a opção de podermos colocá-la em silêncio quando quisermos, sem a escravidão de um estado permanente obsessivo, compulsivo e iludido.

E porque temos essa enorme tolerância em ter essa mente tagarela que não vai parar de falar? (…) Nós tomamos isso como sendo normal, mas, francamente, é insano”, diz Wallace.

São dois vídeos. No primeiro, ele descreve porque considera que nosso estado normal é um estado doentio, e explica a parte “obsessiva” da síndrome. No segundo vídeo ele completa explicando a parte “compulsiva e delusória”.

SOBRE A LEGENDAGEM: Os vídeos possuem tradução e legendagem em português embutida – para ativá-la, clique no ícone “cc” (com duas letras “c”) na barra inferior.

“Síndrome de Wallace”, PARTE 1:

“Síndrome de Wallace”, PARTE 2:

Compartilhado por Fernando Ruegger.
Foto de alanwallace.org

More from Nando Pereira (Dharmalog.com)
“The more opinions you have,
“The more opinions you have, the less you see”. Win Wenders.
Read More
Join the Conversation

20 Comments

  1. says: Renata Cavalcanti

    Um caminho aberto e a seguir……..a meditação.
    “Pensamentos sempre tiram lascas,nunca captam nada mais do que uma historia
    parcial,um aspecto!”
    Meditar é fazer um limpeza na ALMA e nos livrarmos dos congestionamentos!!

    Obrigada…minha ALMA agradece!

    1. says: Jeanne Pilli

      Este trecho foi retirado de um retiro em Santa Bárbara. Em geral a platéia é mista de praticantes e leigos; porém quase sempre pessoas que já estudam o Budismo de alguma forma

  2. says: norma7

    Uma grande parcela ainda não consegue ficar em silêncio físico (sonoro = Som/TV/Web, tudo junto e misturado)em um recinto e muito menos, ficar à sós consigo, nesse mesmo recinto. Não consegue dirigir sem estar falando no celular ou se alimentar sem estar teclando … e por mais incrível que pareça, de modo geral, dizem acreditar que a mente controla tudo. É ela the-man-in-charge, o ‘comandante’na ponte (como? com tanta info e tanto ‘ruído’ que nunca cessam ou serenam).

    Não consegue cometer essa pequena gentileza (esse carinho p/si próprio) de 20 mins. de meditação (falta de tempo?), não presenteia com esse artigo de altíssimo luxo, auto-regulador do sistema de integração físico e emocional (vide D.Choopra), a única pessoa que estará consigo até o fim, porque tem que sair correndo para… ???
    Se mime.Se dê amor: … um pouquinho de saúde, um descanso na loucura.
    (G.Rosa)
    COMECE COM 5 mins. – vc estará muito bem acompanhada … Pisc*

    ++++++

    O “Wallace” é bem divertido e articulado, gostei bastante. Lamentei a má iluminação da filmagem.

    Grata. Fiquem Bem!

  3. says: alexandre pereira de godoi

    Gostaria de saber que tipo de meditacao é esta e onde aprendo a praticar. Este cara disse muitas verdades… Nao ter controle dos pensamentos é amesa coisa que ter 1 carro desgovernado. Seria muito bom praticar esta meditaçcão.

    1. Oi Alexandre,

      O Alan Wallace ministra cursos nos Estados Unidos, como o “Cultivating Emotional Balance” (http://www.cultivatingemotionalbalance.org/), presencial, caso você queira aprender com ele.

      Mas qualquer centro de Budismo Tibetano deve ensinar a meditação da tradição dele, com cursos e práticas.

      Há vários métodos e muitos deles funcionam para a saúde da mente, não só esta do Budismo Tibetano.

      Um abraço,

    1. Eu ia apagar esse segundo comentário, porque era igual ao primeiro e pareceu um erro, mas vi que são diferentes, com iniciais capitalizadas diferentemente, então desconfiei que a Maria deve ter tentado publicar e não apareceu da primeira vez, então tentou uma segunda. Provavelmente não foi sua intenção, mas ambos publicados assim ficaram perfeitos para o post. Obrigado. :-)

Leave a comment
Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *